Vasco

Vasco

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

VASCO DA GAMA 0 X 3 CRUZEIRO

O placar deixou o tome cruzmaltino na nona colocação do Brasileirão, pelo qual perdeu quatro dos últimos cinco jogos disputados.
A peleja rolou no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ, porque São Januário está vetado, por conta das bagunças com a participação da torcida vascaína ao final da recente partida em que perdeu do Flamengo, por 0 x 1.
Foi a segunda derrota consecutiva do time do treinador Milton Mendes, que comparece aos jogos usando ternos elegantíssimos, para imitar os treinadores europeus. Na segunda-feira, a rapaziada havia perdido, por 0 x 1 do Atlético Paranaense.
O resultado, também, distancia o Vasco cinco pontos do Sport-PE, que fecha a zona de classificação para a Taça Libertadores-2018. A rapaziada volta a jogar no domingo, a partir das 19 horas, contra a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP, encerrando a sua participação no primeiro turno do Brasileirão.
Henrique, fotografado pro Paulo Fernandes, de www.crvascodagama.com.br
Na ocasião, o técnico Milton Mendes deverá estar exibindo mais um modelo de terno elegante à beira do gramado, enquanto o time dele, se jogar o que jogou hoje, deverá despencar mais na tabela classificatória.
Com mais este prélio, Vasco e Cruzeiro totalizaram 86 oportunidades, com 35 vitórias cruzeirenses e 23 vascaínas, além de 28 empates. Pelo Brasileirão, os mineiros seguem na frente, com 209 vitórias, em 50 jogos, sendo 14 vencidos pelo "Almirante", além de mais 17 empates.

                                                            CONFIRA A FICHA TÉCNICA - 03.08.2017 (quinta-feira) - VASCO  0 x 3 CRUZEIRO. 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ.  Juiz:: Vinicius Gonçalves Dias Araújo-SP. Publico: 5.780 presentes e 4.934 pagantes Renda: R$ 108.780,00. Gols: Thiago Neves, aos 02; Sassá (pen), 18 min do 1º tempo, e Robinho, aos 42 min do 2º tempo. VASCO: Martín Silva; Gilberto, Lucas Rocha, Rafael Marques e Henrique (Manga); Jean, Wellington (Thalles), Escudero e Wagner (Andrés Ríos); Paulinho e Paulo Vitor. Treinador: Milton Mendes. CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Bryan; Henrique, Lucas Silva, Thiago Neves (Rafael Sóbis), Rafinha e Élber (Robinho); Sassá (Raniel). Treinador: Mano Menezes.
O  zagueiro Rafael Marques cometeu um pênalti, por falta de técnica, errando a bola e acertando o atacante cruzeirense Sassá.

Rafael Marques fotografado pr |Nelson /cossa de www.crvascodagama.com.br
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário