Vasco

Vasco

sábado, 2 de setembro de 2017

HISTÓRIA DA HISTÓRIA - PRIMEIRA FOTO DO FUTEBOL

 Vasco da Gama 3 - Boqueirão do Passeio 0, pela 2.ª Divisão do Campeonato Metropolitano De braços cruzados, o então futuro presidente Jayme Guedes (1945/1946)

Foi clicada em 2 de setembro de 1917, no dia em que o Vasco da Gama venceu o Boqueirão do Passeio, por 3 x 0, pelo Campeonato Metropolitano da Segunda Divisão, no campo da Rua Campos Sales, com arbitragem de Alfredo Alves da Silva e gols marcados por Amyres (2) e Guerrero.
 O jogador de braços cruzados é Jayme Guedes, presidente cruzmaltino, entre 1945/1946, e de acordo com o escritor e historiador vascaíno Alexandre Mesquita, os dois times formaram assim: VASCO DA GAMA: Nicolau Rickmann; Jayme Fernandes Guedes, Carlos Cruz, Manuel Antonio Baptista e João Lamego; Eudino Wulbert, Virgilio Pedro Fortes e Sebastiãno Bacellar; Amyres Tomassi, Raphael Guerrero e Antonio Silva. BOQUEIRÃO (rival, também no remo): Carlos Ribeiro; Virgilio Fedrighi, Luiz Prior, Jozias da Rocha Campos, Frederico Marinho Lizardo; Izidro Pedro; Benedicto Mesquita, Joaquim José da Silva; Salvador Monteiro, Antonio da Costa Faria e Manuel Furtado de Mendonça. 
O Centro de Memória do Club de Regatas Vasco da Gama, que fez esta pesquisa, observa a foto demonstrando a integração racial (também no quadro social) na prática futebolística do clube, "fundamento paradigma pelo qual o clube sempre primou e defendeu. Ainda mais naquele tempo em que era requisito estatutário ser o atleta associado do clube na prática do esporte amador".
Nas foto abaixo, os jogadores vascaínos usam camisas pretas, as pioneiras, em um jogo de dezembro do mesmo 1917, em publicação da revista "Vida Esportiva".
 O Vasco da Gama era filiado à Liga Metropolitana Sports Athleticos, desde janeiro de 1916, notícia divulgada pelo jornal "Gazeta de Notícias", de 29 de janeiro de 1916, conforme texto abaixo, como se escrevia na época,sob o título "Mais um clube que se filia á Metropolitana": 
"Na secretaria da Liga Metropolitana deu entrada hontem à tarde um officio em que o Club de Regatas Vasco da Gama pede filiação águella liga. O campo official do Vasco será o do Botafogo F. Club, à rua General Severiano, usando os seus jogadores o seguinte uniforme: calção branco, camisa preta com punho e golla brancos. O campeonato da 3.ª divisão será portanto disputado este anno pelos sete seguintes clubs: SC Brasil, CR Icarahy, Ingá FC., Paladino FC, Palmeiras AC, River FC e CR Vasco da Gama".
A pesquisa do Centro de Memória Vascaína chama a atenção para um outro detalhe nestas fotos: a falta da meia carcela branca, pela qual ficou conhecida a segunda camisa negra vascaína, pois a primeira foi inteiramente negra, mas com punhos e colarinho comprido brancos. "Estima-se que, só em 1919, modificou-se o uniforme, para o estilo com a meia carcela branca ligada ao colarinho, como viria a ser conhecida a mais popular versão das camisas negras vascaínas".


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário