Vasco

Vasco

domingo, 1 de outubro de 2017

CLUBE DOS ESQUECIDOS - EDMÍLSON

Tá lá! Ali, onde a coruja dorme, galera cruzmaltina!
O baiano Edmílson faz parte de um “time” que começou por Russinho (23 gols, em 1929, e 17, em 1931) e passou por Niginho (25, em 1937); Lelé (15, em 1945); Dimas (18, em 1947); Ademir Menezes (30, em 1949, e 25, em 1950); Saulzinho (18, em 1962); Roberto Dinamite (31, em 1981, e 12, em 1985);  Romário (20, em 1986; 16, em 1987, e 19, em 2000); Valdir ‘Bigode” (14, em 2004 e 19, em 1993); Alecsandro (12, em 2012): o dos  “artilheiros” do Carioca e do Estadual-RJ, este a partir de 1979.
Durante a temporada- 2014, ele foi o principal “matador” do Estadual, com 11 bolas no filó, mas não ficou na Colina. Aliás, Edmílson é um artilheiro cigano. Apareceu no Palmeiras, em 2001, foi para o Japão,  passou nove temporadas por lá e, na volta,  e pintou na Colina. Depois, rodou pelo interior do país,  defendendo o Red Bull-SP e a catarinense Chapecoense. Voltou ao Japão, para  jogar pelo Cerezo Osaka, retornou ao Redd Bull, disputou 15 partidas e marcou três gols, pelo Campeonato Paulista. Próximo clube? O Sprot Recife-PE, aos 33 anos de idade.
Depois disso, a torcida vascaína ouviu falar que ele havia passado pelo Santo André-SP e voltado ao Red Bull (pela terceria vez), neste 2017. 
 Edmilson ds Santos Silva nasceu, em Salvador, no 15 de setembro de 1982. Para um centroavante, a sua altura  – 1m83cm – é muito boa. Pelo Vasco, foram 72 jogos e 24 gols.
              FOTO REPRODUZIDA DE WWW.SUPERVASCO.COM.BR 

Nenhum comentário:

Postar um comentário