Vasco

Vasco

terça-feira, 3 de outubro de 2017

CLUBE DOS ESQUECIDOS - HÉLIO LOBO

 Não tem como o jovem torcedor vascaíno saber quem foi Hélio Lobo. Só pesquisando em revistas com mais de seis décadas que foram publicadas. Ele foi pioneiro da natação cruazmaltina, nos “Anos Dourados”, a partir de 1953 ,- fase em que o “Almirante” conquistou quatro títulos no futebol carioca e mais um Torneio Rio- Sãio Paulo. Dentro daquele clima vencedor, Hélio formou os primeiros “peixinhos” da Colina.
 Fez muito barulho, também a saída de Hélio Lobo de São Januário. Falou-se ter sido por aborrecimento com diretores, mas ele garantiu não ter sido isso a razão, mas problemas de saúde. Só que coincidiu com o afastamento de vários dirigentes a ele ligados.
  Formado pela Escola Nacional de Educação Física do Rio de Janeiro, foi a partir de 1938 que Hélio Lobo tornou-se um grande ganhador das provas da natação carioca. O Vasco da Gama o tirou do Fluminense, clube pelo qual formou muitos campeões e conquistou todos os títulos possíveis na modalidade, durante 14 temporadas, em disputas regionais e nacionais. “Realmente, deixei o Vasco porque a saúde tirou-me aquele ardor de trabalhar, após 20 temporadas  de vitórdas (entre os dois clubes)” disse ele à Revistas do Esporte Nº 43, de 2 de janeir de 1960.
Hélio serviu ao Vasco por seis temporadas e teve em Lizete Alves, vencedora em piscinas e em mar aberto, a sua grande revelação. Também, os seus filhos Antônio Carlos e José Albereto foram formados nadadores vascaínos. 
Para fazer campeões, Hélio Lobo foi, primeiramente, nadador. “Quando comecei (a nadar como atleta), com o velho Irineu, ainda não  havia nem piscinas (no Brasil). O meu primeiro clube foi o Guanabara, mas nunca fui bom  (nadador). Era medíocre. Dei mais certo como técnico”, fez autocrítica para a mesma revista citada acima.
Antes de formar “peixinhos e peixinhas” na Colina, o grande momento de Hélio Lobo foi levar o nissei Okamoto à medalha de bronze dos 1.500 metros livres das Olimpíadas de Helsinque-1952, a primeira conquista internacional de um nadador brasileiro.   
Leia mais sobre Hélio Lobo em “Vascaíno até debaixo d´água”, publicado na data 14 de junho de 2015. Fotos reproduzidas das Revista do Esporte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário