Vasco

Vasco

terça-feira, 10 de outubro de 2017

VASCO DOS GRÁFICOS - BANGULEADA

“... a segurança de suas linhas e a decisão para a luta de seus ‘players’... leva a crer que o quadro orientado por Flávio Costa entrou no páreo com o firme propósito de colher mais essa glória,...”
Gráfico por William Guimarães 
A glória seria o título do Torneio Rio-São Paulo-1953 – iniciado em 1933, interrompido em 1934, retomado , em 1940, mas só houve um turno, até ser disputado pra valer a partir de 1950 –  que ainda não havia sido conquistado pelos cariocas – e  continuou não sendo, até 1957.
 A empolgação da semanária carioca “Esporte Ilustrado – Nº 788, de 14.05.19553 – devia-se à goleada que o Vasco mandara – 5 x 0 Bangu – cinco dias antes. O placar deixava o “Almirante” líder, com três vitórias e dois empates, somando oito pontos – um a mais do que São Paulo e Corinthians –, marcando nove e sofrendo dois gols – Flamengo, Fluminense, Bangu, Botafogo, Portuguesa de Desportos, Palmeiras  e Santos o seguiam, na tabela classificatória.
 O estrago  fora feito por Genuíno (2), Chico, Sabará e Maneca, cobrando pênalti, assistido por 20.598 pagantes – total de 25.173 almas presentes ao Maracanã – que pagaram Cr$ 300 mil , 420 cruzeiros e ouviram o apito de Mário Vianna.
O Vasco goleou com: Barbosa, Augusto e Haroldo (Bellini); Mirim (Alfredo), Danilo (Adésio) e Jorge; Sabará, Maneca, Genuíno, Ipojucan e Chico.
Lance de um dos gols marcados pelo centroavante Genuíno, em foto reproduzida da revista carioca Esporte Ilustrado
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário