Vasco

Vasco

segunda-feira, 16 de abril de 2018

HISTORI&LENDAS DA COLINA - NA PANELA

1 - Quem disse que o "Almirante" não repete cardápios? Pois já deglutiu "Galo ao molho mineiro", por duas vezes, no mesmo "restaurante". Os pratos estavam nos cardápios dos 4 de novembro dos Campeonatos Brasileiros de 1973 e de 1997. Quer dizer: o raia caiu duas vezes no terreiro do "Galo" .Vejamos:

2 - Em 1973, em um domingão de sol carioquíssimo, 27.025 briosos torcedores vascaínas comemoraram os gols do "matador" Roberto Dinamite e do lateral-esquerdo Alfinete, que não tiveram pena de depenar o "Galo". Em 1997, em uma terça-feira, no mesmo "Maraca", quem cortou a crista do "esporonáceo" foi Evair (2), diante de 6.271 almas. Bola fora só a expulsão de campo do danado Luisinho Quintanilha, apoiador que fazia o chamado "trabalho sujo" e ganhou o apelido de "Três por Dois" - estava sempre expulso entre dois a três compromissos. 

3 - Na mesma data 4 de novembro, o Vasco da Gama venceu dois times chamados por GRÊMIO: o gaúcho e o paulista. Pelo Brasileiro-1998, em uma quarta-feira, pegou o "Tricolor dos Pampas", na Colina, diante de 18. 370 pagantes, e sapecou 2 x 1, de virada, com maldadas praticadas pelo atacante Dedé e o (também gaúcho) zagueiro Mauro Galvão. Antônio Lopes comandou Carlos Germano, Vagner (Filipe Alvim), Odvan Mauro Galvão, Felipe, Fabrício Carvalho (Dedé), Nasa, Juninho Pernambucano e Ramon Menezes (Henrique), Donizete e Luizão.   

4 -  Os mesmos 2 x 1 foram mandados pra cima do Grêmio Prudente-SP, repetindo  São Januário e mais uma história de virada, em uma quinta-feira, pelo Brasileiro-2010. Outra coincidência: foi o segundo jogo e segundo placar igual nos duelos entre ambos. Rômulo (2) foi o artista do dia, tendo o treinador era Paulo César Gusmão exibido: Fernando Pras, Fagner, Dedé, Cesinha, Max, Jumar, Felipe, Zé Roberto, Rafael Coelho (Rafael Carioca), Éder Luís (Jonathan) e Rômulo.    

Foto de Roberto Dinamite reproduzida do arquivo do Jornal de Brasília, onde está registada sob o número 3618/01). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário