Vasco

Vasco

quarta-feira, 2 de maio de 2018

TRAGEDAÇA - VASCO 0 X 4 CRUZEIRO


LO 
André Rios, fotografado por Paulo Fernandes, de
www.crvscodagama.com.br
O episódio deste jogo, que eliminou o "Almirante" da Taça Libertadores,  é o resultado da suprema burrice do treinador Zé Ricardo e da diretoria de futebol vascaína. 
Primeiramente, eles sabiam que o Vasco não tinha time para ir longe na disputa. Mesmo assim, enfrentou-se o Cruzeiro com força máxima, na semana em que poderia guardá-la para tentar ganhar o título estadual e salvar a temporada.
Naquela parida, perdeu-se o melhor jogador vascaíno, Paulinho, por lesão, e o título na última bola do jogo contra o Botafogo, que havia sido batido no jogo de ida. E, depois, nova derrota nos pênaltis - castigo para a burrice.
Hoje, o Vasco foi engolido, embora dois gols cruzeirenses tenham sido irregulares, o primeiro, com o autor impedido, e o último, com falta sobre o zagueiro Werley. Não importa. O goleiro Martín Silva falhou, feio, no terceiro tento cruzeirense, em chute de longe, como nos tempos em que Carlos Germano levava gols assim. O Vasco burro perdeu para time chilenos dentro de casa e levou duas goleadas, por 4 x 0, nesta etapa. Eliminação merecida.
Pra piorar, a selvagem torcida vascaína, a mais violenta do país, voltou a provocar tumultos, com brigas que levaram o árbitro a paralisar a partida por seis minutos. Merecidamente, tamabém, virá por aí uma nova punição ao clube.  
   
CONFIRA A FICHA TÉCNICA – 02.05.2018 (quarta-feira) - VASCO 0 X 4 CRUZEIRO - 5ª rodada da Taça Libertdores. Estádio: São Januário-RJ. Juiz: Anderson Daronco-RS. Público: 12.624 pagantes (12.973 total) Renda: R$ 657.278,35.
 Gols: Léo, aos 10; Thiago Neves, aos 24, e Sassá, Cruzeiro, aos 32 min do 1º tempo e aos 10 do 2ª tempo. VASCO: Martín Silva, Yago Pikachu, Paulão, Werley e Henrique; Bruno Silva, Wellington, Thiago Galhardo (Kelvin) e Evander; Rildo (Paulo Vitor) e Andrés Ríos. Treinador: Zé Ricardo. CRUZEIRO: Fábio, Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique (Bruno Silva), Lucas Silva, Rafinha, Thiago Neves (Mancuello) e Arrascaeta; Sassá (Raniel). Treinador: Mano Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário